Publicidade

Candidatos a Governador e Senador em Rio Grande do Sul – Eleições 2022

16/01/22 9:19 - Atualizado em 27 de maio de 2022

Veja quais são os prováveis candidatos a Governador e Senador pelo estado do Rio Grande do Sul e prepare- se para as eleições.

Para se preparar para as eleições é essencial conhecer bem os candidatos, então com elas cada vez mais próximas, não fique para trás e veja o que os partidos já estão definindo.

Nesse sentido, se você é eleitor no Rio Grande do Sul, a seguir estará disposto quais são os pré-candidatos definidos pelos partidos para concorrer a Governador e Senador do estado.

Publicidade

É importante ressaltar que esses candidatos ainda podem ser mudados até o dia 5 de agosto, mas começar a conhecer as opções desde agora é essencial, afinal, você não quer chegar em outubro despreparado, não é?

Confira abaixo alguns dos candidatos a Governador e Senador no Rio Grande do Sul.

Candidatos a Governador no Rio Grande do Sul

Primeiramente estão os candidatos a Governador, onde um deles substituirá Eduardo Leite, caso ele não tente se reeleger.

Eduardo Leite (PSDB)

Apesar de ter afirmado em 2018 que não se candidataria mais ao cargo de Governador, Leite afirma neste ano que ainda não definiu sua candidatura, mas que a possibilidade de tentar se reeleger está aberta.

Publicidade

Se João Dória não se candidatar à presidência, Leite pode ser um nome cotado para substituí-lo.

Onyx Lorenzoni (PL)

Aliado do Presidente da República, já foi Deputado Estadual por dois mandatos e concorreu à prefeitura de Porto Alegre, mas nunca se elegeu.

Beto Albuquerque (PSB)

Beto concorreu na chapa de Marina Silva em 2014 para vice-presidente.

Ele foi Deputado Federal três vezes, Deputado Estadual por um mandato e hoje é vice-presidente de Relações Governamentais do seu partido.

Edegar Pretto (PT)

Ativista na proteção dos direitos das mulheres e na causa da luta contra a violência doméstica, Edgar está atualmente em seu terceiro mandato enquanto Deputado Estadual.

Se candidatando a Governador, terá o apoio do ex-presidente Lula e além das causas citadas, ele também atua em assuntos de agricultura e produção de alimentos mais saudáveis.

Luís Carlos Heinze (PP)

Com longa carreira política, Luís Carlos já foi Prefeito de São Borja, foi Deputado Estadual cinco vezes e hoje é Senador.

Assim como Onyx, ele é grande apoiador de Bolsonaro, o que pode gerar uma disputa pelo apoio do Presidente durante a corrida eleitoral.

Marcos Della Nina (Patriota)

Candidato que nunca concorreu em nenhuma eleição, Marcos é contra a vacinação do coronavírus ser obrigatória e também defende que os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) sejam definidos via concurso público.

Pedro Ruas (PSOL)

Sendo o primeiro político do PSOL a se eleger para a Assembleia Legislativa, Pedro já foi Deputado Estadual e cumpre hoje seu sexto mandato enquanto Vereador de Porto Alegre.

O candidato já foi filiado ao MDB, PTB e PDT, sendo ativista desde sua juventude.

candidatos a governador

Candidatos ao Senado pelo Rio Grande do Sul

Nas eleições deste ano, somente uma vaga no Senado do Rio Grande do Sul será eleita, o que deve garantir uma grande disputa tendo em vista que seis nomes já foram apresentados na pré-candidatura.

Conheça um pouco mais sobre os candidatos na lista a seguir.

Lasier Martins (Podemos)

Terminando seu mandato como Senador este ano, Lasier deve tentar se reeleger.

No entanto, Lasier não iniciou sua carreira no Podemos, mas foi inicialmente filiado ao PDT e depois ao PSD, antes de chegar ao seu partido atual.

Hamilton Mourão (Republicanos)

Apesar de ser o atual vice-presidente do Brasil, Mourão aparenta ter intenções de sair do executivo e migrar para o poder legislativo.

Ele é general do Exército Brasileiro e após a carreira militar, em 2018 iniciou sua carreira política, mas durante o governo Bolsonaro, ele teve alguns conflitos de posicionamento com o Presidente.

Manuela D’Ávila (PCdoB)

Possuindo já uma carreira política, visto que já foi Vereadora de Porto Alegre, Deputada Federal e Estadual pelo Rio Grande do Sul.

Manuela foi candidata a vice-presidente pela chapa de Fernando Haddad (PT) em 2018, o que a tornou mais conhecida a nível nacional, e a prefeita de Porto Alegre em 2020, cargo ao qual também não se elegeu.

Ana Amélia Lemos (PSD)

Atual Secretária de Relações Federativas e Internacionais do Rio Grande do Sul anunciada pelo Governador Eduardo Leite, Ana Amélia tem intenção de retornar ao legislativo.

A secretária já cumpriu um mandato no Senado de 2011 a 2019, foi também candidata a Governadora em 2014 e a vice-presidente na chapa de Geraldo Alckmin em 2018, mas não se elegeu em ambas.

José Ivo Sartori (MDB)

Esse é um candidato amplamente conhecido no Rio Grande do Sul, com extensa carreira política.

Isso se dá, pois José já foi Prefeito de Caxias do Sul, Vereador da mesma cidade, Governador do estado, Deputado Federal e estadual, além de presidente da Assembleia Legislativa do RS por dois anos e Secretário Estadual de Trabalho e Bem-Estar Social do Rio Grande do Sul.

Paulo Pimenta (PT)

Filiado ao PT desde 1985, iniciou sua carreira política em 1989 como Vereador de Santa Maria e seguiu nela até os dias de hoje.

Paulo foi também Deputado Estadual, vice-Prefeito de Santa Maria e foi desde 2003 até hoje, Deputado Federal do Rio Grande do Sul, com um intervalo de 2 anos entre 2008 e 2010.

Nesse período, ele se candidatou a Prefeito de Santa Maria em 2008, mas acabou não sendo eleito e retornou, assim, ao Congresso.

Esses são, até agora, os candidatos a Governador e Senador do Rio Grande do Sul, tome um bom tempo para definir suas escolhas antes das Eleições de 2022!

Continue navegando no nosso blog para conferir mais conteúdos!

Conteúdos relacionados à este

Como emitir seu primeiro Título de Eleitor Online?

Como emitir seu primeiro Título de Eleitor Online?

Para poder votar e exercer os direitos políticos, a inscrição no alistamento eleitoral, é necessário a emissão do primeiro Título de Eleitor no caso de ser sua primeira emissão. De acordo com o Art. 14 da Constituição Federal, o voto é facultativo somente para jovens...

ler mais
Saiba como regularizar Título de Eleitor Online!

Saiba como regularizar Título de Eleitor Online!

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o serviço online que facilita regularizar Título de Eleitor Online sem precisar sair de casa. Em princípio, para uma situação eleitoral adequada, não deve haver motivo de anulação ou suspensão de direitos políticos. Em 2022,...

ler mais
Qual a importância do Título de Eleitor?

Qual a importância do Título de Eleitor?

É muito importante que todos os eleitores do Brasil estejam em dia com a justiça eleitoral e tenham em mãos, seja em cédula de papel ou um dos personagens mais importantes nos pleitos realizados em nosso país, o Título de Eleitor. O ano de 2022 é um ano muito...

ler mais

Deixe um comentário aqui