Publicidade

Como fazer a Biometria Eleitoral? Confira Agora!

Categoria(s): Biometria Eleitoral
01/07/20 13:13 - Atualizado em 25 de agosto de 2020

Antecipadamente, a biometria eleitoral é processo obrigatório em muitas cidades brasileiras.

Pois, trata-se de um registro necessário a quem pretende votar nas próximas eleições. Veja como funciona!

O cadastramento biométrico se tornou exigência a muitos eleitores no país.

Publicidade

Com intuito de tornar o dia do voto mais rápido e seguro, nos últimos anos brasileiros de diferentes regiões seguem aos cartórios eleitorais para validar suas impressões digitais.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) colocou como meta até 2022 cadastrar todos os eleitores do país.

Portanto, aqui você vai aprender a realizar esse cadastro!

Candidatos Prefeitura RJ! Descubra agora!

O que é a Biometria Eleitoral?

Primeiramente, a biometria eleitoral é o registro da impressão digital do eleitor no qual serve de forma a autenticar sua presença no dia do voto.

Publicidade

Portanto, esse processo também é uma atualização dos dados no sistema do TSE, pois o cidadão deverá apresentar comprovante de endereço recente.

Dessa forma, o objetivo dessa renovação do cadastro é eliminar as chances de fraudes nos pleitos ocorridos no Brasil. O serviço é totalmente gratuito.

A biometria ainda não é obrigatória em todos os municípios brasileiros, porém, os eleitores no qual têm domicílios naqueles onde o registro é necessário, precisam se apresentar.

Dessa maneira, quem desconsiderar o recadastramento sofrerá sanções indo desde de multas até a suspensão do título de eleitor, além de outras penalidades como:

  • Sem poder emitir passaporte e carteira de identidade;
  • Sem assumir cargos públicos;
  • Servidores públicos ficam com salários suspensos;
  • É vetado empréstimo de bancos estatais;
  • Sem poder se matricular universidades públicas.

Como Realizar o cadastramento biométrico?

Anteriormente da pandemia do Corona vírus, bastaria acessar o site do TSE a fim de agendar o serviço.

Porém, no momento, o cidadão deve se dirigir ao cartório eleitoral mais próximo de seu endereço.

Dessa forma, leve os seguintes documentos:

  • Comprovante de endereço em seu nome e atualizado;
  • Documento oficial com foto (RG, CNH, CTPS, etc.);
  • Homens de 18 a 45 anos devem apresentar seu registro de dispensa militar.

Porém, se você já fez a biometria eleitoral não precisa repetir o processo.

No próprio título de eleitor está descrito “Identificação Biométrica”, confirmando a adesão ao novo formato.

Mais informações sobre a biometria eleitoral

Separamos aqui as principais dúvidas sobre o cadastramento biométrico, confira.

biometria eleitoral

Quem mora fora do país é obrigado fazer biometria eleitoral?

Primeiramente, os eleitores no qual transferiram o título a alguma Zona Eleitoral no Exterior (ZZ), não é obrigatório.

Mas, a quem ainda está sem fazer a mudança, e continuam com endereço no país, precisa atualizar o cadastro.

É possível fazer o registro em outra cidade, diferente do domicílio eleitoral?

A resposta disso é negativo! Precisa realizar renovação no município onde tirou seu título de eleitor.

Confira nesse documento a Zona Eleitoral, e pesquise no site do TRE onde pode realizar a atualização.

Se na minha cidade a biometria for obrigatório poderei votar?

Dessa forma, caso o processo tenha finalizado em seu município, não votará, e ainda correrá o risco de ter o título de eleitor suspenso.

Mas, se a biometria ainda estiver em andamento, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) é quem indicará se é possível votar.

No dia do voto é possível a minha digital não ser reconhecida?

Pode acontecer, porém, depois de 3 tentativas, caso o sistema fique sem ler a digital (por diferentes motivos), bastará apresentar documento oficial com foto e você votará.

Portanto, de acordo com o TSE esse processo visa tornar mais ágil a votação. A ideia é dos mesários não percam tempo conferindo documentos, no dia da eleição.

Atualmente, quase todas as urnas no país são eletrônicas, e a biometria eleitoral visa tornar ainda mais seguro esse processo.

Então, faça seu cadastramento biométrico a fim da sua vontade se cumpra no dia da votação.

Saiba como regularizar título de eleitor!

Conteúdos relacionados à este

Como emitir seu primeiro Título de Eleitor Online?

Como emitir seu primeiro Título de Eleitor Online?

Para poder votar e exercer os direitos políticos, a inscrição no alistamento eleitoral, é necessário a emissão do primeiro Título de Eleitor no caso de ser sua primeira emissão. De acordo com o Art. 14 da Constituição Federal, o voto é facultativo somente para jovens...

ler mais
Saiba como regularizar Título de Eleitor Online!

Saiba como regularizar Título de Eleitor Online!

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o serviço online que facilita regularizar Título de Eleitor Online sem precisar sair de casa. Em princípio, para uma situação eleitoral adequada, não deve haver motivo de anulação ou suspensão de direitos políticos. Em 2022,...

ler mais
Qual a importância do Título de Eleitor?

Qual a importância do Título de Eleitor?

É muito importante que todos os eleitores do Brasil estejam em dia com a justiça eleitoral e tenham em mãos, seja em cédula de papel ou um dos personagens mais importantes nos pleitos realizados em nosso país, o Título de Eleitor. O ano de 2022 é um ano muito...

ler mais

Deixe um comentário aqui