Publicidade

Saiba como ficam as datas segundo o Calendário Eleitoral 2022!

Categoria(s): Eleições 2022
26/04/22 9:49 - Atualizado em 8 de junho de 2022

O Calendário Eleitoral 2022 já foi divulgado, é importante conhece-lo para saber mais sobre os prazos e etapas.

O ano de 2022 é um ano muito importante para o Brasil.

Pois se trata de um ano de eleição no qual escolheremos quem serão os Deputados Estaduais, Federais, Senadores, Governadores dos estados e também o Presidente da república.

Publicidade

Confira Abaixo como ficaram os prazos para o ano de Calendário Eleitoral 2022.

Calendário Eleitoral 2022: Confira as principais datas!

A Resolução nº 23.674/2021, aprovada pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), regulamenta o Calendário Eleitoral 2022 com as principais datas a serem observadas pelos partidos, candidatos e eleitores.

Janeiro, Fevereiro e Março

Alguns prazos já estão em vigor desde 1º de janeiro, como:

  • A obrigatoriedade do registro de pesquisas
  • O limite de gastos com publicidade por órgãos públicos federais, estaduais ou municipais
  • Proibição da livre venda de bens, títulos ou benefícios aos cidadãos pela administração pública, com exceção para casos de desastres ou emergência pública e programas sociais já implementados.

A Janela Partidária aconteceu entre 3 de março e 1º de abril, sendo esse o período em que Deputados Federais, Estaduais e Distritais podem mudar de partido para concorrer às eleições sem perder o mandato.

Publicidade

Abril, Maio e Junho

Também, a partir de 1º de abril foi o período em que o Supremo Tribunal Eleitoral promoveu a propaganda institucional e incentivou a participação de mulheres, jovens e da comunidade negra na política.

Além de informar o TSE sobre as regras e funcionamento da Justiça brasileira. sistema de votação.

Essas peças são transmitidas em emissoras de rádio e televisão com duração máxima de 5 minutos por dia até 30 de julho.

Dia 2 de abril foi o prazo para os partidos políticos e associações partidárias obterem o registro de seus estatutos perante o TSE para cargos eletivos, bem como para o deferimento de suas filiações partidárias.

Foi estipulado que os chefes do poder executivo (Prefeito, Governador e Presidente da República) que pretendessem concorrer a outros cargos em 2022 renunciassem aos respectivos mandatos até o dia 2 de abril.

O prazo para regularização do título eleitoral foi até 4 de maio.

Seja para o registro (emissão do documento), a mudança de residência ou a verificação do seu registro, no Brasil ou no exterior.

A partir de 15 de maio, os pré-candidatos podem começar a arrecadar recursos antecipadamente por meio de crowdfunding.

Por outro lado, 1º de junho é o prazo para os partidos políticos notificarem o TSE se renunciarem ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

No dia 30 de junho, as emissoras de rádio e televisão estão proibidas de transmitir programas apresentados ou comentados pelos candidatos.

Julho, Agosto e Setembro

Dando continuidade ao cronograma, a partir de 5 de julho, os juízes eleitorais indicarão os eleitores que se voluntariaram como mesários para o primeiro e eventual segundo turno.

Já o prazo para escolher as pessoas que prestarão apoio às mesas de votos, a justificativa e também apoio logístico dos colégios eleitorais durará até 3 de agosto.

No dia 16 de agosto, a propaganda eleitoral gratuita será veiculada nos meios de comunicação (televisão, rádio e internet).

São permitidos vários formatos de campanha eleitoral: carros de som, comícios, distribuição de material de imagem, caminhada, caravana ou marcha e veiculação em imprensa escrita e digital.

A partir de 30 de agosto, o serviço de consulta online da seção de votação estará disponível.

Nenhum candidato pode ser preso ou detido 15 dias antes das eleições (1º ou 2º turno), a menos que seja pego em flagrante.

Da mesma forma, os eleitores não podem ser presos ou detidos 5 dias antes da votação, salvo em caso de: flagrante delito condenação criminal por crime doloso sem fiança ou por falta de respeito pelo salvo-conduto.

calendário eleitoral 2022

1º e 2º turno das Eleições

Outubro

O 1º turno das Eleições de 2022 realizar-se á no dia 2 de outubro por sufrágio universal, voto direto e secreto.

Ainda no dia 2 de outubro, será realizado o teste de integridade da urna eletrônica em todas as unidades da federação, em local público determinado pelo respectivo tribunal eleitoral estadual na data oficial da votação.

Se necessário, o 2ª turno acontecerá no dia 30 de outubro, a votação ocorre em ambos os turnos das 8h00 às 17h00.

Novembro e Dezembro

Após a votação, quem não votou em nenhum dos turnos tem prazo para apresentar o motivo da ausência em qualquer caderno eleitoral ou por meio do atendimento online do TSE e dos TREs no 1º turno e até 9 de janeiro de 2023 para justificar a ausência da 2ª votação.

Todos os homens e mulheres eleitos se formam em 19 de dezembro e novos mandatos a partir de 1º de janeiro e de fevereiro de 2023.

Agora que você sabe como vai funcionar o Calendário Eleitoral 2022, compartilhe esse artigo com mais pessoas.

Aproveite e confira mais artigos relacionados as Eleições de 2022 no nosso blog!

Conteúdos relacionados à este

Como emitir seu primeiro Título de Eleitor Online?

Como emitir seu primeiro Título de Eleitor Online?

Para poder votar e exercer os direitos políticos, a inscrição no alistamento eleitoral, é necessário a emissão do primeiro Título de Eleitor no caso de ser sua primeira emissão. De acordo com o Art. 14 da Constituição Federal, o voto é facultativo somente para jovens...

ler mais
Saiba como regularizar Título de Eleitor Online!

Saiba como regularizar Título de Eleitor Online!

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o serviço online que facilita regularizar Título de Eleitor Online sem precisar sair de casa. Em princípio, para uma situação eleitoral adequada, não deve haver motivo de anulação ou suspensão de direitos políticos. Em 2022,...

ler mais
Qual a importância do Título de Eleitor?

Qual a importância do Título de Eleitor?

É muito importante que todos os eleitores do Brasil estejam em dia com a justiça eleitoral e tenham em mãos, seja em cédula de papel ou um dos personagens mais importantes nos pleitos realizados em nosso país, o Título de Eleitor. O ano de 2022 é um ano muito...

ler mais

Deixe um comentário aqui